De acordo com o diretor do Observatório Astronómico de Lisboa, Dr. Rui Jorge Agostinho, o asteróide chamado 2005 YU55, que «é um asteróide que periodicamente [a cada cinco anos] passa próximo do nosso planeta», vai passar entre a Terra e a Lua às 23:28 de terça-feira sem representar qualquer perigo para os habitantes do nosso planeta. Mas não vai poder ser visto a olho nu, só com recurso a um telescópio ótico terrestre.

O asteróide 2005 YU55 mede 400 metros de diâmetro e foi descoberto em 2005, vai passar no ponto mais próximo da Terra, a apenas 325.000 Kms de distância, enquanto que a Lua está a 384.000 Kms. Só voltará a passar próximo da Terra em 2028.

Este asteróide, tal como outros que existem no sistema solar, e sempre fez passagens próximas do planeta Terra. «Nós é que nunca os vimos. Nunca os vimos porque só a partir dos anos 1980 é que foram lançados programas de observação para detectar a presença destes corpos pequenos, que se sabia que existiam dentro do sistema solar».


noticia adaptada de http://www.tvi24.iol.pt/tecnologia/asteroide-ciencia-terra-tvi24/1296394-4069.html e http://aeiou.exameinformatica.pt/asteroide-gigantesco-vai-passar-muito-perto-da-terra=f1009210

___________________________________________________________________

 


Comments


Comments are closed.